Alimentos afrodisíacos

Muitos apostam nos alimentos afrodisíacos para aumentar o desejo e desempenho sexual e garantem que se beneficiam dos efeitos. E não é que eles estão certos? Os alimentos estimulantes não são mito.

O que são alimentos afrodisíacos

São alimentos que funcionam como estimulante sexual. Ele contém nutrientes que relaxam os vasos, aumenta a circulação sanguínea e melhoram a produção de determinados hormônios ligados à libido e a disposição sexual, como a dopamina e testosterona.

Exemplos de alimentos afrodisíacos

  • Amendoim e amêndoas

    O amendoim é rico em arginina, aumentando a circulação sanguínea nas regiões genitais. Já as amêndoas possuem ômega 3 e antioxidantes, que aumentam a lubrificação do corpo.

  • Vinho tinto

    Eleva o nível de estrogênio no corpo feminino, aumentando a libido. Possui polifenóis que aumentam a circulação sanguínea.

  • Ostra:

    Esse alimento é bem famoso e não é à toa. Rico em zinco, eleva a produção de testosterona e diminui a produção da prolactina, hormônio relacionado à impotência sexual.

  • Canela

    Ajuda no desempenho sexual já que tem efeitos parecidos com o da testosterona, oferecendo mais apetite e ereção.

  • Mel

    Um dos alimentos mais eficazes para o desejo sexual por possuir o boro, um mineral rico em vitaminas essenciais para a testosterona. Antigamente, as pessoas ingeriam muito mel dias antes de se casarem, para terem uma “lua de mel” doce e gostosa.

  • Pimenta

    Aumenta a circulação, aquecendo o corpo e, assim, aumentando a excitação.

Além desses, o morango, o chocolate, a banana, a champanhe e a catuaba são alguns outros exemplos de alimentos que ajudam a animar o apetite sexual.

E antes de sair comendo todos os alimentos afrodisíacos por aí, lembre-se que o maior afrodisíaco está na mente!



Deixe uma resposta